‘A vida em primeiro lugar’ é tema do 26º Grito dos Excluídos e Excluídas de 2020

 ‘A vida em primeiro lugar’ é tema do 26º Grito dos Excluídos e Excluídas de 2020

Por conta da pandemia do Coronavírus, o Grito dos Excluídos sofrerá mudanças (Foto: J. Pavani/Arquivo pessoal)

Compartilhe nosso conteúdo

Por: Elivane Freitas /

O evento tem mobilização popular, realizado em vários lugares do país. Em 2020 o Grito dos Excluídos terá transmissão ao vivo e vai seguir as recomendações de saúde quanto ao uso de máscaras e o distanciamento social.

Vida em Primeiro Lugar é o tema. “Basta de Miséria, Preconceito e Repressão! Queremos Trabalho, Terra, Teto e Participação! Essa é a vigésima sexta edição do evento que tradicionalmente é realizada no dia 7 de setembro, Dia da Independência do Brasil.

Este ano por conta da pandemia do Coronavírus, o Grito dos Excluídos sofrerá mudanças, isso porque segundo Telma Lage, coordenadora do Centro de Migrações e Direitos Humanos, os participantes terão que acompanhar o evento de dentro dos veículos, seguindo as recomendações de saúde, quanto ao uso de máscaras e álcool em gel. Além disso, será feita transmissão ao vivo do local pelas redes sociais da Diocese de Roraima.

“A nossa programação inicia às 08:00 horas da manhã onde vamos nos reunir na Praça do Centro Cívico, onde este ano vamos realizar o evento de uma forma diferente, por conta da pandemia, a proposta é que os participantes fiquem dentro dos veículos, usando máscaras. Da praça o evento segue em carreata para a Área de Proteção e Cuidados (APC), onde serão feitas homenagens para homens e mulheres que doam suas vidas para salvar outras vidas neste momento de pandemia. Durante o momento da carreata os participantes estão convidados para fazer uma reflexão de alguns temas de políticas públicas como saúde, educação, cultura entre outros temas”, explicou, Telma Lage.

Bruna Cássia

Você também vai gostar de ler

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x