Roraima é o estado com maior número de solicitação de refúgio no Brasil

 Roraima é o estado com maior número de solicitação de refúgio no Brasil

Segundo o governo federal das mais de 190 mil solicitações existente, cerca de 180 mil são de venezuelanos que entraram através de Roraima (Foto: Bruno Covello/ACNUR)

Compartilhe nosso conteúdo

Por: Poliana Araújo /

Nesta semana, o governo federal anunciou mudanças no procedimento para reconhecimento de refugiados no Brasil. Isso faz parte da primeira fase do plano adotado pelo Comitê Nacional para Refugiados (CONARE). Com a medida, o país salta de 7,7 mil para 46 mil refugiados reconhecidos.

Atualmente o Brasil possui 180 mil solicitações de refúgio somente de imigrantes venezuelanos. O Estado de Roraima tem sido a principal porta de entrada dessa invasão migratória por ser o único estado brasileiro que faz fronteira terrestre com o país.

Como Resultado do intenso fluxo imigratório, Roraima experimentou um aumento significativo populacional, o que tem afetado diretamente nos serviços públicos. Segundo o IBGE, a população do estado hoje é de pouco mais de 631 mil habitantes. Estima-se que 10% dessas pessoas sejam imigrantes, em sua grande maioria vindos da Venezuela.

O cientista político Paulo Racoski diz que esse processo migratório iniciou a cerca de cinco anos, no extremo Norte do estado. “Desde 2015 com a crise humanitária o estado passou a sofrer com essa crise migratória por meio terrestre. Historicamente, o Brasil já tem uma tradição de receber fluxos migratórios, por isso considerado por outros países como uma pátria acolhedora”, acrescentou.

A Agência da ONU para Refugiados no Brasil (ACNUR) reconhece esses números e vem tentando junto às entidades que atuam na defesa do fluxo migratório, prestar ações que minimizam o sofrimento dessas populações.

Atualmente a agência atende mais de nove mil imigrantes, em abrigos e áreas de invasões pelo estado.

Bruna Cássia

Você também vai gostar de ler

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x