Governo autoriza a reforma de quatro escolas no Uiramutã

 Governo autoriza a reforma de quatro escolas no Uiramutã

Governador Antonio Denarium anuncia reformas durante visita ao Uiramutã

Compartilhe nosso conteúdo

As escolas indígenas da comunidade do Flexal, Maracanã 1 e Água Fria no município de Uiramutã, a Nordeste de Roraima, serão reformadas. Durante visita às localidades, o governador Antonio Denarium autorizou a Seinf (Secretaria de Infraestrutura) a iniciar o levantamento para que as obras sejam iniciadas.

As obras serão feitas com recursos do Tesouro Estadual – fonte de arrecadação do governo. O início dos trabalhos é aguardado com ansiedade pela comunidade e corpo estudantil, pois há anos as unidades não passavam por reformas.

“Entendemos a importância da educação para a sociedade e escolas estruturadas fisicamente contribuem para a qualidade do ensino dos nossos alunos. Estamos trabalhando com foco na recuperação das escolas, reconstruindo a educação pública estadual”, enfatizou o governador Antonio Denarium.

Na comunidade do Maracanã 1, a Escola Estadual Indígena Bernardo Sayão, atende 143 alunos nos ensinos Fundamental e Médio. Segundo o tuxaua Rosário da Silva, a última reforma na unidade foi há mais de 12 anos.

“Estamos muito contentes com esse anúncio. Uma escola reformada, com mais conforto para os alunos e professores, melhora e muito o processo de ensino-aprendizagem”, comemorou. 

Outra unidade que também será reformada pela Seinf é a Escola Estadual Indígena Tuxaua Pedro Barbosa, na comunidade do Flexal. Na localidade são atendidos 191 alunos no Ensino Fundamental e Médio. A coordenadora pedagógica do município de Uiramutã, Lacimir da Silva, afirmou que o prédio nunca passou por uma reforma ou revitalização desde que foi inaugurado em 2001.

“É muito bom, é gratificante, pois realmente são muitas dificuldades enfrentadas pelos alunos. O telhado precisa de reparos, quando chove, molha dentro da escola, os móveis e carteiras são antigos. Essa reforma será muito bem-vinda”, disse.

Já na comunidade de Água Fria, além da reforma do prédio da Escola Estadual Indígena São Sebastião do Cailã, inaugurado há mais de 40 anos, os alunos vão contar com uma quadra poliesportiva coberta. A unidade atende 220 alunos de nove comunidades nos ensinos Fundamental e Médio.

O coordenador pedagógico Alex Barbosa, afirmou que há alguns anos a escola foi pintada pela própria comunidade.

“Reforma mesmo não acontece há muito tempo, uns anos atrás o Governo deu as tintas e a própria comunidade pintou, mas só isso. Temos uma equipe de servidores que zela muito pela escola, isso é um ponto positivo, mas uma reforma dá mais vida para a Escola, para o corpo estudantil, para os professores, a estrutura precisa urgente dessa reforma”, pontuou.

O governador Antonio Denarium afirmou que o Governo do Estado trabalha para melhorar a qualidade de vida dos moradores do município de Uiramutã e ressaltou que investimentos na educação também proporcionam isso.

“Nós anunciamos diversas obras como construção de pontes e recuperação de estradas e a educação não poderia ficar de fora desse processo. Vamos trabalhar para que todas as escolas do município sejam reformadas nos próximos dois anos”, disse. 

Escola Estadual Joaquim Nabuco

As boas notícias não ficaram somente nas escolas indígenas de Uiramutã. Ainda durante visita ao município, o governador Antonio Denarium anunciou a revitalização da Escola Estadual Joaquim Nabuco, a única não indígena na região. Além disso, a unidade vai ganhar uma quadra poliesportiva com vestiários, que será construída com recursos de emenda parlamentar do senador Telmário Mota. 

A unidade atente 295 alunos nos ensinos Fundamental e Médio. A última vez que o prédio recebeu obras de reparo e manutenção foi em 2008. Além de anunciar a revitalização, o governador Antônio Denarium também entregou 200 novas carteiras escolares, seis kits refeitório com mesa e seis cadeiras, 15 cadeiras para professor, dois computadores e material didático.

“É extremamente importante essa questão da revitalização da escola, essa reforma vai dar um up [animada] para os nossos alunos e professores e vai fazer com que tenhamos melhor qualidade no processo de ensino-aprendizagem. Quanto ao material a mesma coisa, é um material muito bom, que vem agregar ainda mais para que nossos alunos se sintam mais acolhidos e acomodados dentro do nosso espaço escolar”, disse a coordenadora pedagógica da unidade, Gardênia Cavalcante.

Bruna Cássia

A jornalista Bruna Cássia integra a Redação da Rádio Difusora de Roraima - AM 590

Você também vai gostar de ler

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x