Estado de Roraima passará por levantamento de pragas na fruticultura

 Estado de Roraima passará por levantamento de pragas na fruticultura

Levantamento será realizado pelo Governo de Roraima, por meio da Aderr (Foto: Claudio Melo/Embrapa-RR)

Compartilhe nosso conteúdo

Roraima passará por levantamento de pragas quarentenárias em todas as propriedades rurais a partir da próxima semana. O levantamento será realizado pelo Governo de Roraima, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Aderr), com objetivo de identificar a presença ou ausência das pragas para mapear a ocorrência e proteger a fruticultura roraimense, a fim de fomentar a economia, visando o consumo interno e a exportação.

Cancro cítrico, ácaro-hindustânico-dos-citros, pinta preta, HLB, moko da bananeira, Fusariose da bananeira (FOC-R4T), cancro bacteriano da videira, bicudo-da-acerola e monilíase do cacaueiro são as pragas que serão procuradas, obedecendo a um cronograma de cadastramento de propriedades e identificação de focos. O levantamento é uma exigência do Convênio 902747/2020/MAPA-SFA/ADERR.

Segundo o fiscal agropecuário e engenheiro agrônomo Washington Luis, responsável pelo levantamento das pragas, serão visitadas o máximo de propriedades nas áreas rurais e urbanas dos municípios de Roraima para avaliar sintomas e sinais da presença das pragas nas plantas.

São chamadas de quarentenárias porque é preciso ficar de quarentena para verificar se apresentam sintomas de determinadas doenças. “É uma praga que tem interesse econômico, porque impede a comercialização de produtos de um Estado para outro, ou de um município para outro”, explicou.

O levantamento é feito anualmente. As frutas avaliadas são: laranja, limão, tangerina, uva, cacau, cupuaçu e acerola. As pragas que ocorrem em Roraima são: cancro cítrico, ácaro-hindustânico-dos-citros, moko da bananeira, cancro bacteriano da videira e bicudo-da-acerola.

Não existe remédio contra as pragas. O manejo integrado é a forma mais eficiente de combate as pragas quarentenárias. Os técnicos da Aderr recomendam a inspeção periódica no pomar, erradicação das plantas com sintomas e aquisição de mudas sadias e certificadas.

Bruna Cássia

Você também vai gostar de ler

0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments
0
Would love your thoughts, please comment.x
()
x