Estado de Roraima passará por levantamento de pragas na fruticultura

  • Economia

Roraima passará por levantamento de pragas quarentenárias em todas as propriedades rurais a partir da próxima semana. O levantamento será realizado pelo Governo de Roraima, por meio da Agência de Defesa Agropecuária (Aderr), com objetivo de identificar a presença ou ausência das pragas para mapear a ocorrência e proteger a fruticultura roraimense, a fim de fomentar a economia, visando o consumo interno e a exportação.

Cancro cítrico, ácaro-hindustânico-dos-citros, pinta preta, HLB, moko da bananeira, Fusariose da bananeira (FOC-R4T), cancro bacteriano da videira, bicudo-da-acerola e monilíase do cacaueiro são as pragas que serão procuradas, obedecendo a um cronograma de cadastramento de propriedades e identificação de focos. O levantamento é uma exigência do Convênio 902747/2020/MAPA-SFA/ADERR.

Segundo o fiscal agropecuário e engenheiro agrônomo Washington Luis, responsável pelo levantamento das pragas, serão visitadas o máximo de propriedades nas áreas rurais e urbanas dos municípios de Roraima para avaliar sintomas e sinais da presença das pragas nas plantas.

São chamadas de quarentenárias porque é preciso ficar de quarentena para verificar se apresentam sintomas de determinadas doenças. “É uma praga que tem interesse econômico, porque impede a comercialização de produtos de um Estado para outro, ou de um município para outro”, explicou.

O levantamento é feito anualmente. As frutas avaliadas são: laranja, limão, tangerina, uva, cacau, cupuaçu e acerola. As pragas que ocorrem em Roraima são: cancro cítrico, ácaro-hindustânico-dos-citros, moko da bananeira, cancro bacteriano da videira e bicudo-da-acerola.

Não existe remédio contra as pragas. O manejo integrado é a forma mais eficiente de combate as pragas quarentenárias. Os técnicos da Aderr recomendam a inspeção periódica no pomar, erradicação das plantas com sintomas e aquisição de mudas sadias e certificadas.

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.