Governo de Roraima solicita ao Ministério da Saúde 600 mil doses de vacina contra COVID-19

Compartilhe nosso conteúdo

O Brasil deve começar a imunizar a população contra a COVID-19 a partir de janeiro de 2021. Em videoconferência com o ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, e demais governadores do Brasil, na manhã desta terça-feira, dia 8, o governador Antonio Denarium solicitou 600 mil doses da vacina para imunizar a população roraimense em uma primeira etapa da campanha.

Pazuello afirmou que serão disponibilizadas 15 milhões de doses da vacina a partir de janeiro de 2021. Ele pontuou que esse número será crescente, com expectativa de que 100 milhões de doses sejam distribuídas até o mês de junho.

Durante a videoconferência, o governador Antonio Denarium afirmou que o Governo de Roraima está em consonância com o Plano de Vacinação do Ministério da Saúde.

“Estamos alinhados com o planejamento do governo Bolsonaro. Já solicitamos o maior número possível de doses de vacina, devido estarmos localizados no extremo Norte do Brasil e em área de fronteira, termos um grande fluxo imigratório e uma das maiores populações indígenas do Brasil”, explicou

O secretário de Saúde, Marcelo Lopes, afirmou que as 600 mil doses são suficientes para imunizar toda a população.

“Pelo cronograma do nosso plano estratégico, começamos nesta semana a discussão com prefeitos e secretários municipais de Saúde como será feita a distribuição e logística para a vacinação no menor espaço de tempo possível para que a gente se torne livre dessa doença o quanto antes”, pontuou. 

Da Secom-RR

Marcações:
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments