Governo cria linha de crédito de até R$ 5 mil para a agricultura indígena, em Roraima

  • Rural

O Governo do Estado autorizou, por meio da Desenvolve Roraima, a liberação de crédito rural às comunidades indígenas roraimenses. O projeto foi oficializado nesta terça-feira, 22, pelo governador Antonio Denarium com a entrega simbólica de R$ 5 mil. O projeto vai contemplar pelo menos 400 famílias.

A iniciativa do Governo viabiliza a produtividade do setor primário e incialmente, o benefício chegará à Comunidade do Araçá, no município do Amajari até atender todos os municípios.

“Estamos valorizando quem trabalha e produz e nós apoiamos a agricultura familiar, agricultura indígena e agricultura empresarial. Liberamos mais um crédito para produtores de agricultura indígena que tem total apoio do Governo de Roraima. E também na próxima safra, três mil hectares são subsidiados pelo Governo Roraima, sendo 1,5 mil para a agricultura indígena e 1,5 mil para a agricultura familiar. É o Governo os valorizado todos os produtores rurais do Estado”, disse o governador Antonio Denarium.

O crédito desta linha beneficiará os indígenas assistidos tecnicamente pela Seapa (Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento), Femarh (Fundação Estadual do Meio Ambiente e Recursos Hídricos) Iteraima (Instituto de Terras e Colonização de Roraima) e Aderr (Agência de Defesa Agropecuária de Roraima).

Além de poder financiar os produtos e insumos, o prazo para a quitação é de até cinco anos, com carência de até dois anos e juros de 3,4% ao ano. Os interessados devem procurar a Casa do Produtor Rural nos municípios e iniciar o projeto agrícola.

O presidente da Desenvolve Roraima, Aldailton Fernandes destacou que o crédito Agricultura Indígena é um determinação do governador Antonio Denarium para fomentar a produção nas comunidades.

“Dentro do projeto Roraima 2030, o governador nos determinou que eliminemos todos os entraves e uma das dificuldades para melhorar a produção é o crédito. E com o trabalho entre a Desenvolve Roraima, Secretaria de Agricultura e Secretaria do Índio foi possível constituir esse crédito para atendermos toda agricultura indígena no valor de até R$ 5 mil”, reforçou.

Um dos beneficiados, o produtor da comunidade indígena Três Corações, Josué Souza, ressaltou que o crédito chegou em boa hora e vai ajudar no desenvolvimento da agricultura na comunidade.

“Com o crédito vamos melhorar 100%, não só para minha família, mas para todos moradores da minha comunidade. Meu desejo é produzir, porque esse apoio vai ajudar o nosso Estado, a nossa comunidade. O projeto piloto foi para minha família, mas espero que chegue para todos os indígenas e em todas as comunidades”, observou.

Da assessoria

Marcações:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.