Polícia Civil prende estelionatário que aplicava golpes em Boa Vista

Compartilhe nosso conteúdo

Um homem de 39 anos que aplicava golpes com vendas de motocicletas foi preso em flagrante por estelionato nesta terça-feira, 01, pela Polícia Civil de Roraima, por meio do Grupo de Resposta Imediata, composto por agentes do Setor de Investigação e Operação do 4º Distrito Policial. Durante a prisão, foram encontradas munições de calibre 38 na residência dele.

Conforme a Polícia, ele é acusado de locar uma motocicleta, penhorar para uma segunda pessoa e tentar vendê-la a um terceiro e, ainda, tentar extorquir a dona do veículo para poder realizar a devolução do bem.

De acordo com o delegado Clayton Ellwanger, a proprietária procurou o 4º DP para registrar o Boletim de Ocorrência, após ter descoberto que o homem com quem tinha firmado um contrato de aluguel de uma motocicleta Bros 160, modelo 2018, teria penhorado o veículo a uma pessoa e também estava negociando a venda da motocicleta com outro.

Ainda na delegacia, a mulher afirmou que após tomar conhecimento da situação entrou em contato com o homem, solicitando a devolução do veículo, mas ele afirmou que só a devolveria mediante o pagamento da importância de R$ 9 mil.

Os policiais realizaram diligências e localizaram o suspeito na companhia de outra pessoa, a quem tinha penhorado a motocicleta e que não sabia de nenhum dos golpes aplicados por ele. A pessoa informou aos policiais que acompanhava o suspeito para receber um dinheiro que havia lhe emprestado.

O suspeito foi autuado em flagrante por crime de estelionato e posse ilegal de munição de uso permitido. Ele foi encaminhado para ao Instituto Médico Legal para exame integridade física e, posteriormente, apresentado na manhã desta quarta-feira, 02, em Audiência de Custódia.

Por requisição do Ministério Público Estadual, foi acrescentado ainda contra o suspeito o crime de extorsão. Na Audiência de Custódia, a Justiça converteu a Prisão em Flagrante do acusado em prisão preventiva para a garantia da ordem pública e para a conveniência da instrução criminal.

Marcações:
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments