Médico suspeito de estupro é preso em Boa Vista novamente por mesmo crime

Compartilhe nosso conteúdo

Um médico de 48 anos foi preso em Boa Vista, nesta segunda-feira (21), por suspeita de estupro a uma adolescente de 14 anos. O crime ocorreu em 2015, informou a Polícia Civil de Roraima.

Segundo a delegada titular do Núcleo de Proteção a Criança e Adolescente, Catherine Aires Saraiva, a vítima relatou que acompanhava o pai em uma consulta com o médico e que o médico se insinuava para ela.

“durante a realização de um exame do pai, o médico lhe perguntou se queria ouvir os batimentos de coração e a adolescente aceitou. Ela disse que nessa oportunidade, ele pegou com força no seio dela e também passou as mãos em suas nádegas, deixando-a assustada, o que a levou a pedir ao pai para mudar de médico”, informou.

A vítima procurou o Ministério Público, que encaminhou a denúncia ao Núcleo. Também foi feito o boletim de ocorrência e a delegada representou pela prisão preventiva dele.

“O inquérito foi instaurado e representamos por sua prisão preventiva, sendo decretada pela Justiça”, ressaltou a Catherine Saraiva.

Após o mandado de prisão ter sido cumprido, o médico foi encaminhado ao sistema Prisional.

Essa é a segunda vez que ele é preso por acusação do mesmo crime. Durante operação do Núcleo em outubro de 2019, ele foi preso por estupro de vulnerável e corrupção de menores. As vítimas eram três adolescentes, com idades de 13 e 14 anos, amigas da filha dele.

“As investigações contra o médico tiveram início após a comunicação da mãe de uma das vítimas, de 14 anos, em setembro daquele ano. O acusado tinha conversas de cunho sexual com as vítimas por redes sociais, inclusive mandando foto do órgão sexual”, informou a Polícia.

Marcações:
0 0 vote
Article Rating
Subscribe
Notify of
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments