EM RORAIMA MUNICÍPIOS ESTÃO AUTORIZADOS A ANTECIPAR SEGUNDA DOSE DA VACINA CONTRA A COVID-19

A PARTIR DESTA QUARTA-FEIRA TODOS OS MUNICÍPIOS DE RORAIMA ESTÃO LIBERADOS A ANTECIPAR A APLICAÇÃO DA SEGUNDA DOSE DAS VACINAS ASTRAZENECA E PFIZER, OU SEJA, O INTERVALO ENTRE A PRIMEIRA E SEGUNDA DOSE, DA VACINA ASTRAZENECA QUE SERIA DE 90 DIAS SERÁ REDUZIDO PARA 60 DIAS/08SEMANAS, E A SEGUNDA DOSE DA VACINA PFIZER PODERÁ SER APLICADA A PARTIR DE 21 DIAS PARA QUEM TOMOU A PRIMEIRA DOSE DESSE IMUNIZANTE.

A DECISÃO FOI ACORDADA DURANTE A REUNIÃO DA CIB (COMISSÃO INTERGESTORES BIPARTITE), NA TARDE DESTA QUARTA-FEIRA,15, ONDE FOI APROVADA A ALTERAÇÃO DO PERÍODO DE INTERVALO ENTRE A PRIMEIRA E SEGUNDA DOSE DAS VACINAS PARA APLICAÇÃO IMEDIATA PELOS MUNICÍPIOS.

“PARA O ESTADO DE RORAIMA ESSA DECISÃO É UM GANHO NO TRABALHO DE ENFRENTAMENTO DESSA PANDEMIA QUE JÁ FEZ TANTAS VÍTIMAS. O GOVERNO DO ESTADO TEM LEVADO VACINAS PARA TODOS OS MUNICÍPIOS E AS SALAS DE VACINAS ESTÃO ABASTECIDAS, POR ISSO É FUNDAMENTAL QUE A PARTIR DE AGORA CADA PREFEITURA FAÇA O TRABALHO DE CONVOCAÇÃO PARA ALCANÇAR TODA A POPULAÇÃO QUE JÁ PODE TOMAR A SEGUNDA DOSE E FICAR COM O ESQUEMA COMPLETO”, ESCLARECEU O GOVERNADOR ANTONIO DENARIUM.

SEGUNDO O SECRETÁRIO DE SAÚDE, LEOCÁDIO VASCONCELOS, A DIMINUIÇÃO DO PRAZO PARA APLICAÇÃO DAS DUAS DOSES VISA GARANTIR QUE O MAIOR NÚMERO DE PESSOAS ESTEJA O MAIS BREVE POSSÍVEL COM O ESQUEMA VACINAL COMPLETO.

DE ACORDO COM A COORDENADORA GERAL DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE, VALDIRENE OLIVEIRA, A DECISÃO FOI TOMADA COM BASE NAS DIRETRIZES DO PNO (PLANO NACIONAL DE OPERACIONALIZAÇÃO DA VACINA CONTRA A COVID-19) QUE PREVÊ A POSSIBILIDADE DE APLICAÇÃO NA PRÁTICA DE MEDIDAS ESTRATÉGICAS VISANDO CONTER O AVANÇO DA PANDEMIA.