Fortalecimento da atenção à saúde dos estudantes será debatido na próxima semana

O Governo de Roraima realizará na próxima semana, em parceria com o Ministério da Saúde, uma oficina para debater o fortalecimento da atenção à saúde de jovens em idade escolar no Estado, com foco nos programas federais PSE (Saúde na Escola), Crescer Saudável e Bolsa Família.

O encontro será coordenado pelas Secretarias da Saúde e do Trabalho e Bem-Estar Social, nos dias 13 e 14, no auditório da Setrabes, na Avenida Mário Homem de Melo, das 8h30 às 12h e das 14h às 18h, e contará com a participação de representantes dos municípios, incluindo gestores e servidores municipais que atuam nas áreas da saúde, educação e assistência social.

A programação tem o intuito de fortalecer as atividades dos programas em Roraima, por isso contará com a participação do consultor técnico do Ministério da Saúde, Lucas Fernandes, que deve esclarecer todas as dúvidas sobre o PSE, destacando os princípios, diretrizes, metas, indicadores e financiamento.

Conforme o governador Antonio Denarium, reforçar a articulação entre as instituições estaduais e o Governo Federal é fundamental para o fortalecimento e ampliação das ações executadas no Estado.

“O Governo de Roraima tem atuado fortemente na integração das ações entre as Secretarias. O nosso objetivo central é garantir o bem-estar da população como um todo, por isso desenvolver estratégias para a articulação das atividades em âmbito municipal, estadual e federal significa permanecer mais perto de quem mais precisa, prestando o suporte adequado na saúde, educação e assistência social”, ressaltou.

Para o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos, a atenção básica tem um papel fundamental no desenvolvimento da saúde como um todo e, por meio de ações integradas, será possível prestar o auxílio de forma mais ampla.

“Ações de promoção, prevenção e atenção à saúde são primordiais para a população. A oficina que será realizada na próxima semana deve reforçar ainda mais esse trabalho feito pela Coordenação Geral de Atenção Básica junto aos municípios, que são os responsáveis por executar na prática as atividades do programa”, pontuou o secretário.

“A articulação entre escolas municipais e a atenção básica é a base do PSE.  Por meio do Napsaj (Núcleo de Ações Programáticas da Saúde do Adolescente e Jovem) e do Napan (Núcleo de Ações Programáticas de Alimentação e Nutrição) foi pactuado entre os 15 municípios a proposta de executar os programas Crescer Saudável e Saúde na Escola”, acrescentou.

Plano de Ação norteará atividades do PSE no Estado

A técnica Maria Cruz explica que o PSE une as políticas de saúde e de educação para atender crianças, adolescentes, jovens e adultos da educação básica.

“O envolvimento entre todos esses atores é fundamental para receber os municípios que atuam com estes programas na rede de atenção básica. Dentro da oficina, vamos buscar construir um Plano de Ação e, com isso, colocar essas ações em prática, para que possamos melhorar o atendimento e a atenção aos jovens que estão no sistema de ensino”, afirmou.

CRESCER SAUDÁVEL – De acordo com a nutricionista Karla Medeiros, o Programa Crescer Saudável é realizado por meio de ações efetuadas no âmbito do PSE para prevenir e combater a obesidade infantil.

“As ações abrangem os cuidados relativos à alimentação e nutrição voltados à promoção e proteção da saúde, diagnóstico e tratamento da obesidade, incentivo à prática corporal e de atividade física. Em Roraima, mais da metade dos municípios aderem ao programa”, destacou.

 

Escrito por Aymê Tavares

Ascom/Sesau