Mais de 200 atendimentos são realizados na Vila do Passarão

  • Geral

O Projeto Saúde Itinerante encerrou a semana com atendimento especial na zona rural de Boa Vista. Nesta sexta-feira, 8, a programação proporcionou cerca de 250 atendimentos especializados na área de oftalmologia, ginecologia, cardiologia e pediatria, na sede da Escola Estadual Nilo José de Melo.

O projeto que visa promover também o acesso a exames de eletrocardiograma, ultrassonografia e prescrição de óculos com a inclusão de ótica, mediante solicitação médica, realizou até agora mais de nove mil atendimentos na capital e no interior.

“Nós entendemos que não basta ser apenas uma saúde de qualidade, os serviços também precisam estar acessíveis para todos e é por isso que o Governo do Estado, por meio da Sesau, tem realizado essa força-tarefa junto aos profissionais de saúde, justamente para facilitar a vida da população”, esclareceu o governador.

Moradora da Vila Passarão, Antônia Leite Silva, esperava há mais de três meses para realizar a troca dos seus óculos de grau e com a chegada da saúde itinerante na região, pôde garantir a consulta e os óculos novos.

“Fomos presenteados com o atendimento do Governo de Roraima e foi uma alegria muito grande ver os oftalmologistas presentes aqui. Eu por exemplo, estava sem o meus óculos há algum tempo e por falta de condições não pude fazer antes. Agora tenho essa oportunidade, gostei muito do atendimento”, agradeceu a moradora.

A diretora da Escola Estadual Nilo José de Melo, Dorisnei Salustiano, onde a ação foi realizada, destaca o compromisso do Governo de Roraima de contribuir para a saúde do município.

“Estou grata pela nossa vila receber o projeto e pelo Estado trazer essas especialidades para atender a nossa comunidade e as pessoas que estão mais próximas. Então quero agradecer a todos os envolvidos, pois eles não tem noção do quanto foi importante essa ação na escola. Espero que o projeto retorne mais vezes”, enfatizou a diretora.

De acordo com o secretário de saúde, Leocádio Vasconcelos, as consultas com todas especialidades são pensadas para atender as maiores dificuldades da população.

“E cada consulta tem uma importância diferente, com o oftalmologista por exemplo é um atendimento completo pois a maioria dos casos necessita do uso dos óculos e o saúde itinerante oferece a consulta, lente e armação dos óculos”, reforçou o secretário.

Escrito por Aymê Tavares

Ascom/Sesau