Governo de Roraima apresenta projetos institucionais à Fundação Rede Amazônica

  • Notícias

O governo de Roraima, por meio da Setrabes (Secretaria do Trabalho e Bem-Estar Social), realizou, nessa sexta-feira, dia 5, reunião com a presidente da Fundação Rede Amazônica, Cláudia Daou, a diretora-executiva, Márcia Lira, e os gestores das Coordenações e Diretorias das políticas públicas desenvolvidas pela pasta.

Durante o encontro, foram apresentados projetos executados pela Setrabes e pela Fundação, com o objetivo de articular parcerias para expandir os programas e ações, contemplando as famílias em Roraima e em toda a região amazônica.

A primeira-dama Simone Denarium, a secretária Tânia Soares e os gestores apresentaram o trabalho desenvolvido na Casa da Mulher Brasileira, criada com o propósito de garantir direito às mulheres vítimas de violência.

“Este é um serviço que prestamos com muito carinho no acolhimento às vítimas que sofrem violência familiar. Temos que assegurar um trabalho de excelência, abrangendo todo o Estado, e a troca de experiências com projetos em execução pela Fundação é um marco importante”, afirmou a primeira-dama.

A presidente da Fundação Rede Amazônica, Cláudia Daou, enfatizou que os programas desenvolvidos na Amazônia promovem a reflexão e o debate na busca por respostas inovadoras para os problemas atuais da sociedade contemporânea.

“Construímos nosso trabalho executando ações institucionais com parcerias importantes, que desenvolvam e promovam a integração da população que se encontra em várias regiões da Amazônia”, destacou.

A titular da Setrabes, Tânia Soares, ressaltou que os objetivos de inspirar e fortalecer o empreendedorismo inovador, através de ações sociais efetuadas pela Fundação Rede Amazônica, estão interligados com os propósitos do plano de desenvolvimento contidos no projeto Roraima 2030.

“Nosso planejamento visa justamente à integração das famílias com ações que promovam sustentabilidade e fortalecimento financeiro, com o objetivo de contribuir com o desenvolvimento do Estado e da região amazônica. Ter a oportunidade de conhecer estes projetos serve de inspiração e incentivo”, disse.

Márcia Lira, diretora executiva da Fundação, destacou que a principal missão é servir à região amazônica, tendo como desafio expandir parcerias que possam promover ações conjuntas.

“Com a nova missão de trabalho, no formato em que estamos executando nossa gestão de fortalecer e expandir parcerias institucionais, visamos chegar com nossos serviços abrangendo as pessoas que necessitam de nossa contribuição”, frisou.

SOBRE A FUNDAÇÃO

A Fundação Rede Amazônica, braço institucional do Grupo Rede Amazônica, atua há 36 anos com os objetivos de capacitar pessoas, articular parcerias, desenvolver projetos e programas, contribuindo com a proteção e desenvolvimento social, ambiental e científico-tecnológico da região.

Além disso, está instituindo parcerias com entidades e órgãos governamentais para expandir suas ações sociais e de preservação ambiental da região amazônica, contemplando projetos que visem tratar desta temática.

Escrito por Ricardo Gomes