SELETIVO DA EDUCAÇÃO | Governo inicia contratação de profissionais de copa e cozinha para escolas

  • Notícias

Ascom/seed

O Governo de Roraima iniciou essa semana, a contratação e lotação de 248 profissionais de copa e cozinha (merendeiros) aprovados no último processo seletivo promovido pela Seed (Secretaria de Educação e Desporto). Os profissionais irão trabalhar em escolas da capital e interior.

“Com estes novos profissionais nas escolas, teremos a garantia da produção de alimentação escolar saudável. Além disso, estamos também fomentando a economia local, gerando emprego e renda para mais de 240 pais e mães de família”, destacou o governador Antonio Denarium.

Hoje, 8, começou a lotação dos aprovados que vão atuar nas escolas de Boa Vista, classificados do número 01 a 60 e amanhã, dia 9, será a vez dos classificados do 61 a 117.

Os convocados devem comparecer ao DRH (Departamento de Recursos Humanos) da Seed no horário das 7h30 às 13h30, apresentando os documentos exigidos em edital para a assinatura do contrato. Na Seed, o profissional recebe um documento de apresentação para dirigir-se à escola em que foi lotado.

“Eu estava desempregada e esse processo seletivo veio em uma boa hora. Estou feliz e muito contente pois será uma renda a mais em casa”, disse Lucivânia Lima, que assinou seu contrato para a atuação na Escola Estadual Hildebrando Ferro Bitencourt, no bairro dos Estados.

Lotação dos profissionais que vão atuar nas escolas do interior

Na quarta-feira, 10, inicia a lotação dos aprovados que vão atuar nas escolas do interior do Estado, nos municípios de Alto Alegre, Amajari, Boa Vista Rural, Bonfim, Cantá, Caracaraí, Caroebe e Iracema. Na quinta-feira, 11, será a vez de Mucajaí, Normandia, Pacaraima, Rorainópolis, Baixo Rio Branco, São João da Baliza, São Luiz e Uiramutã.

Os profissionais de copa e cozinha que estão sendo contratados foram aprovados no processo seletivo realizado pela Seed. O certame teve início no mês de setembro e foram ofertadas 248 vagas, sendo 108 para a capital e 140 para o interior. O seletivo contou com 1.680 inscritos.

O salário é de R$ 1.200 para uma carga horária de trabalho de 40 horas semanais. Além das vagas disponibilizadas, o processo seletivo ofertou também a Formação do Cadastro Reserva, ou seja, candidatos aprovados poderão ser convocados, conforme ordem de classificação, se surgir necessidade.

Escrito por Mágida Azulay Khatab