POLÍCIA NA RUA | Forças de segurança deflagram Operação Saturação na capital

Uma ação conjunta entre as forças estaduais de segurança pública deflagrou, nessa sexta-feira, 19, em Boa Vista, a “Operação Saturação” de combate à criminalidade, com reforço do policiamento em pontos considerados críticos.

As rondas se concentraram especificamente em ruas e avenidas do bairro Asa Branca. O objetivo da ação é manter a ordem e reduzir o número de ocorrências nesses locais.

O patrulhamento, além de policiais militares do CPC (Comando de Policiamento da Capital), contou com o apoio do Bope (Batalhão de Operações Policiais Especiais), por meio da Força Tática (com cães), da Cavalaria, da Polícia Civil e de agentes do Detran (Departamento Estadual de Trânsito).

A integração entre as forças de segurança é uma determinação do governador Antonio Denarium para garantir o sossego e a tranquilidade da população roraimense, conforme explicou o comandante do CPC, coronel Magalhães Damasceno.

“A Operação Saturação consiste em uma parceria entre as forças de segurança para somarmos esforços com o objetivo comum de servir e proteger o cidadão. As ações começaram na sexta-feira e prosseguiram durante a madrugada deste sábado”, destacou o comandante do CPC.

Além da supervisão do coronel Damasceno, estiveram presentes nas últimas instruções o comandante geral da PMRR, Francisco Xavier, o delegado geral adjunto da Polícia Civil, Eduardo Wayner, e no comando da Operação, o capitão José Peres Vilar Neto.

BALANÇO GERAL

Ao todo, a ação integrada contou com seis viaturas da PMRR, uma da PCCR e duas do Detran. Empregou o efetivo de 20 policiais militares, quatro policiais civis e oito agentes de trânsito.

Logo nas primeiras horas, os policiais da Cavalaria se depararam com dois albergados que estavam fora do domicílio em horário inoportuno. A detenção dos indivíduos ocorreu em locais distintos. Ambos foram identificados e encaminhados à Dicap (Divisão de Inteligência e Captura), da Secretaria de Justiça e Cidadania, para os procedimentos cabíveis.

Foram realizadas 103 abordagens, dois homens foram detidos por descumprimento de prisão domiciliar. Além disso, 48 veículos também foram abordados, um veículo foi apreendido, e 11 estabelecimentos foram fiscalizados.

 

Escrito por Wesley Oliveira