VACINA, RORAIMA! Primeira remessa de dezembro tem mais de 28 mil imunizantes contra a covid-19

O mês de dezembro está começando com reforço para a imunização da população contra a covid-19. Na tarde desta segunda-feira, dia 6, o Estado recebeu a primeira remessa de vacinas do mês, com 28.080 doses da fabricante Pfizer/BioNTech.

O novo quantitativo chega para reforçar as aplicações das doses de reforço na população geral em faixa etária de 18 anos acima. “A volta à normalidade continua dependendo da forma como as pessoas aderem a campanha de vacinação, esse é o indicador que possibilita a flexibilização de festas e demais eventos de fim de ano, por exemplo, e com mais vacinas chegando é fundamental que o número de pessoas imunizadas também aumente. O nosso objetivo é que a nossa população vire o ano com a imunidade garantida e é, por isso, que reforçamos sobre a importância de ter o esquema vacinal completo”, enfatizou o governador Antonio Denarium.

A gerente do NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunizações), Alice Dantas, faz o chamado para a população que está no tempo de tomar a dose de reforço.

Segundo ela, as novas vacinas serão incluídas dentro da logística de distribuição elaborada pelo NEPNI (Núcleo Estadual do Programa Nacional de Imunizações), para que possam ser posteriormente repassadas aos municípios que apresentarem necessidade de reposição.

“É importante que a população se atente ao prazo do intervalo entre uma dose e outra. No caso, das doses de reforço, Roraima segue o intervalo de cinco meses entre a segunda e a terceira dose. Então, quem já completou seus cinco meses, ou até quem tenha passado do prazo, precisa procurar o ponto de vacinação para completar seu esquema vacinal, e reforçar a imunização coletiva”, destacou.

Conforme o Vacinômetro da Sesau, plataforma criada pelo Governo de Roraima para dar transparência ao andamento da Campanha de Vacinação trabalhada no Estado, 1.110.928 vacinas foram recebidas do Governo Federal e 770.599 foram distribuídas para os 15 municípios, o que representa mais de 69% do total recebido.

Até o momento, 636.962 vacinas foram aplicadas, sendo 360.080 primeiras doses, 248.296 segundas doses, 17.959 doses de reforço e 1.356 adicionais, e 9.270 doses únicas.

“Com esses novos lotes enviados pelo Ministério da Saúde, é importante esclarecer que, mesmo com a busca ativa que está ocorrendo, continua sendo fundamental que aquelas pessoas que ainda não tomaram todas as doses necessárias dentro do tempo definido, e que possuem plenas condições de deslocamento, procurem o ponto de vacinação mais próximo e tome a sua dose necessária”, reforçou o secretário de Saúde, Leocádio Vasconcelos.

Escrito por Lucas Sechi