Polícia Civil deflagra ações para combater a violência contra as mulheres

A PCRR (Polícia Civil de Roraima) por meio da DEAM (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) iniciou nesta segunda-feira (7), a Operação Resguardo.

A Operação é coordenada pelo Ministério da Justiça e Segurança Púlica (MJSP) e conta com o apoio do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos e envolve as Polícias Civis de todo país.

Em Roraima, a delegada titular da DEAM, Verlânia Silva de Assis, é a coordenadora das ações que deverão ocorrer tanto na capital, quanto em cidades do interior.

“A Polícia Civil de Roraima vai integrar a Operação Resguardo, uma operação nacional com foco ao combate à violência contra as mulheres. Neste mês a Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher realizará ações sociais, palestras e muitas diligências investigativas para elucidação de crimes que vitimam as mulheres do Estado de Roraima”, disse a delegada.

Verlânia ressaltou que é importante que a vítima, ou as pessoas que tenham conhecimento de crimes praticados contra mulheres denunciem a violência. E a conscientização é uma arma a favor das mulheres que sofrem qualquer tipo de violência.

“Durante a operação que será finalizada no dia 08 de março vamos atuar para combater e reprimir os casos de violência contra a mulher“, finalizou a delegada.

DISQUE DENÚNCIA – Denúncias de violência contra a mulher podem ser feitas, anonimamente, por meio do Disque 180 e Disque 100. Qualquer pessoa pode acionar o serviço, que funciona diariamente, 24 horas, incluindo sábados, domingos e feriados. O serviço cadastra e encaminha os casos aos órgãos competentes.

 

Escrito por Márcia Fernanda